FORMAS DE LER 2020/2021 - O PODER DA COMÉDIA


FORMAS DE LER 2020/2021 - O PODER DA COMÉDIA

Formas de Ler
 
O Poder da Comédia
por Helena Vasconcelos
 
18h00 – 19h30
Sala Ribeiro da Fonte
 
A necessidade da introdução da comicidade na literatura vem de muito longe e o riso é considerado, ainda hoje, como o melhor remédio para muitos males. O grande professor de retórica Quintiliano (35-95 d. C.), preocupado com o enfraquecimento do poder da oratória, escreveu um tratado cénico, onde não se esqueceu de referir a comédia como parte integral do processo de aprendizagem, integrando os «preceitos escolares do comoedus», do ator cómico. Com a nossa atenção focada nesse passado longínquo, constatamos, uma e outra vez, que a comédia tem servido como uma espécie de refrigério em tempos sombrios – como os que estamos a viver – e é suficientemente subversiva e desordeira para incluir críticas mordazes, e por vezes violentas, ao status quo, afirmando-se como o último bastião da liberdade e contra a repressão censória, seja ela política, social, religiosa, de cariz sexual ou moral. Uma vez que o humor é um exercício de inteligência e de sofisticação, nada melhor do que iniciar este ciclo de leituras com a controversa e divertida crítica à política ateniense de Aristófanes e terminar com a sensível ironia de Zadie Smith que aborda a relatividade de conceitos como raça, classe social e felicidade. Nos meses intermédios leremos um dos romances mais representativos da ironia queirosiana, a sátira a um escritor «sério» pela pena irreverente de David Lodge e um exemplo do humor devastador de Philip Roth. Não poderíamos deixar de lado Cervantes e as aventuras picarescas do seu Dom Quixote, leitura que fica destinada ao maior intervalo entre sessões, ou seja, durante a época natalícia. Quem melhor do que o velho fidalgo e o seu fiel escudeiro para nos acompanhar nessa quadra?
Boas leituras.
 
 
24 setembro 2020
As Aves, Aristófanes, edições 70
 
29 outubro 2020
O Primo Basílio, Eça de Queiroz, Ed. Guerra & Paz
 
19 novembro 2020
Autor, Autor, David Lodge, ed. Asa
 
29 abril 2021
Cândido ou o Optimismo, Voltaire, ed. Tinta da China

6 maio 2021
Gosto Disto Aqui, Kingsley Amis, ed. Quetzal

17 junho 2021
Dom Quixote de La Mancha, Miguel de Cervantes, ed. Dom Quixote
 
22 julho 2021
Lição de Anatomia, Philip Roth, ed. Dom Quixote
 
19 Agosto 2021
Swing Time, Zadie Smith, ed. Dom Quixote

As sessões de 21 Janeiro, 25 Fevereiro, 25 Março e 8 Abril, foram adiadas. Os bilhetes já adquiridos não são válidos. Deverá solicitar a troca de acordo com a seguinte correspondência:

8 Abril - NOVA DATA 29 ABRIL: Cândido ou o Optimismo, Voltaire - Sala Ribeiro da Fonte

21 janeiro - NOVA DATA 17 JUNHO: Dom Quixote de La Mancha, Miguel de Cervantes - Sala Ribeiro da Fonte

25 fevereiro - NOVA DATA 22 JULHO: Lição de Anatomia, Philip Roth - Jardim das Oliveiras

25 março - NOVA DATA 19 AGOSTO: Swing Time, Zadie Smith - Jardim das Oliveiras


Contacte-nos, preferencialmente pelo e-mail bilheteiraccb@ccb.pt, ou pelo telefone 213 612 400, entre as 13:00 e as 19:00, de segunda a sexta feira.

Continuamos a trabalhar de forma a disponibilizar ao nosso público, através do #CCBDigital, conteúdos como podcasts, concertos, visitas virtuais e outras atividades culturais.

+Informações:
Philip Guston, Untitled, 1971  © The Estate of Philip Guston

Promotores
  • FUNDAÇÃO CENTRO CULTURAL DE BELÉM
Comprar na Ticketline

Centro Cultural De Belém - Sala Literatura E Humanidades
Belém, Lisboa

29/04/2021 18:00

19/08/2021 18:00